quinta-feira, março 27, 2014

Sport Gonçalo e Benfica

Nasceu em fevereiro, é meu filho, é do Benfica e chama-se Gonçalo. Que outro mês poderia ter ele se não o do Benfica?!
A sua existência não tem que ver com o Benfica, mas eu quero que ambos se entronquem um no outro e o Benfica passe a ser parte do Gonçalo e o Gonçalo parte do Benfica.

No mês com mais desilusões de Benfica desde que me conheço (maio de 2013) eu não podia ter mais desilusões.
Só soube mais tarde, mas foi nesse mês que houve mistura de genes, foi nesse mês que se criou mais benfiquismo. Atenção que isto pode não ter nada a ver com o Benfica, mas eu quero!

Chama-se Gonçalo mas eu gostava que fosse Joaquim... Não por ser o último guarda-redes campeão pelo Benfica, nada disso! Desta vez não está relacionado com o Benfica, digo-vos eu!

A cada dia que passava ele era mais benfiquista.
Afinal, sendo meu filho e de uma benfiquista não há probabilidades genéticas de não ser do Sport Lisboa e Benfica. Não existem! Nem que nascesse num país do oriente... Isto não tem de ser assim. Mas é porque eu quero!

Durante a gestação dele visitei o Museu Benfica Cosme Damião e comigo foi o último Faleiro homem que nasceu até ao Gonçalo, o Rodrigo...
Nesse dia vi que o meu irmão nasceu num ano em que o Benfica foi campeão. Tal como eu. Tal como o Rodrigo.
Um amigo até comentou comigo: "Tem de nascer outro Faleiro!"
Foi aí que lhe dei a novidade.

Se seremos?! Não sei. Mas eu quero!

Estava previsto para dia 11. Dia em que ganhámos 2-0. Nesse jogo estava com o corpo no estádio e a cabeça em casa. A qualquer momento ele poderia querer sair.
Tive uma conversa séria com a barriga e disse que ele deveria fazê-lo só depois do jogo de Paços de Ferreira para que eu pudesse ter todas as coisas da escola organizadas.
Foi que aconteceu.

Nasceu e correu tudo bem! Nasceu às 40 semanas e 6 dias. A minha conta foi fácil: 40 + 6 = 46 (número de pontos que o Benfica tinha naquele dia). O meu irmão disse que eu era doente! Não sou, eu juro!
Nesse dia recebi um telefonema a perguntar se tinha nascido às 19h04. Disse que não e a desilusão foi grande do outro lado da linha. Justifiquei que às 16h35 era uma boa hora, também. "O 35 é o Enzo!"

Não tive tempo de fazer o que queria logo nesse dia mas fi-lo na manhã seguinte.
Assim que acordei fui torná-lo associado do maior clube do mundo, o Sport Lisboa e Benfica. Mesmo sem certidão de nascimento lá consegui.
Primeiro documento oficial do Gonçalo: cartão de sócio do SL Benfica.

Depois havia que registá-lo na conservatória...
Conversa puxa conversa...

- Que naturalidade é que querem? A do hospital ou a da residência?
- Não dá para ser Benfica, Lisboa por isso pode ser a do hospital!
- Ah, é do Benfica! Tem bom gosto. A propósito, sabe quem era o meu primo?!
- Não, diga-me!
- O Bento!

Ou seja o Gonçalo foi registado pelo primo do mítico guarda-redes do Benfica, o Bento!

O nome do primro dele?! Joaquim, precisamente o nome do último guarda-redes campeão!

Estas cenas do Glorioso...
Isto não tem de ser assim, mas eu quero!

Sem comentários: