Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2008

Dia de São Valentim

Composição...



"Eu amo o Pedro por amor e por paixão, tipo para namorar."
21


"Ah, e os amigos nunca são demais!"
20


"E este dia é muito importante para as nossas vidas porque podemos dizer o que sentimos a outra pessoa e assim ficas muito feliz porque mostras o que sentes. Se não houvesse este dia ficavas aflito, mas como existe ficas aliviado, é por isso que há este dia. Eu fico muito aliviada!"
19


"Os meus melhores amigos, os verdadeiros, são os meus pais!"
1


"Neste dia gostava de estar a fazer muitas cartas para levar ao correio."
15


"No dia da Amizade eu queria fazer uma carta da Amizade e hoje antes de ir para casa queria ir ao Jumbo."
16


"Eu estou apaixonada pelo Daniel. Eu gosto muito dele e este dia significa muito para mim."
18


"Adorava que eu e as minhas amigas nunca nos chateássemos porque eu adoro as minhas amigas. (...) Este dia para mim é especial, mas não sei explicar... Eu acho que é porque vejo todos mais con…

Mike Plowden

Imagem
Foi com o meu irmão, em pequeno, que fiquei com o bichinho do basquetebol...

Nessa altura, talvez com 5 ou 6 anos, comecei a ver "basket".
O Benfica tinha uma grande equipa que ganhava títulos atrás de títulos, e na qual pontificava um jogador Norte-americano que jogava com o número 12.
Era grande, era enorme...

Apaixonei-me pelo "basket" a ver aquela equipa jogar, a ver o Mike Plowden!

Mike Plowden, Jean Jacques, Lisboa, Guimarães, Henrique Vieira, Pedro Miguel... Aquela equipa do Mário Palma, aquela!

No dia em que, aos 49 anos, nos deixou não podia deixar em branco esta minha admiração!

Episódio caricato

- O que é que se passou?
- Eu só lhe queria bater uma vez, mas enganei-me a contar e bati-lhe três vezes!


O "efeito-Marco"

Imagem
É aquilo a que eu chamo ser convencido (ponto).


Confesso que por vezes tenho a mania que sou engraçadinho (é um privilégio lerem isto, raramente o faço). Por entre tentativas de ser engraçado e dizer piadinhas parvas surge, esporadicamente, o "efeito-Marco".

O "efeito-Marco" como é conhecido, resume-se a uma auto-estima algo complexa de tão elevada que é... Na verdade, tenho-me em muito boa conta!

Quando o constrangimento se apodera de alguém que está comigo, é o "efeito-Marco".
Quando o calor se faz sentir em alguém que me acompanha, é o "efeito-Marco".
Quando um arrepio passa por alguém que me ladeia, é o "efeito-Marco".
Quando alguém tem vontade em estar comigo, é o "efeito-Marco".
Quando a irritância ganha lugar, é o "efeito-Marco".
Quando se sentem privilegiados em me ter como amigo, é o "efeito-Marco".
Quando impressiono, por qualquer que seja o motivo, é o "efeito-Marco".


O "efeito-Marco" …

Mergulho luzidio

Imagem
Decorria o dia oito de Fevereiro do ano civil de dois mil e oito quando me preparava para regressar a Lisboa...

Saio de Faro e levava como companhia três colegas. Íamos até Armação de Pêra buscar o bólide que me haveria de levar até à Capital de Portugal, Lisboa.
No pensamento levava a vontade de ver a ponte vinte e cinco de Abril e as luzes de Lisboa, aquelas que me enchem e apertam...

Já no veículo de matrícula QC, chegámos à casa onde supostamente estavam as bagagens das colegas de viagem...

- Marco, não queres ir ver a piscina?
- Népia, fico aqui à vossa espera.
- Então até já!

Eu fiquei... fiquei... esperei... desesperei...
Fui ver a piscina...

...ia caminhando ao redor daquele "recipiente" de água com o meu, já velhinho, Nokia 3200 na mão...

...Uma das grelhas cede e o meu pé afunda-se. Numa tentativa, mais ou menos, de desespero o telemóvel ganha asas e tenta um mergulho na tentativa de me salvar a mim de ficar encharcado. De facto, ele terá pensado: Ou o meu dono ou eu... Vou …

Tás a Ver?

Estás a ver o que eu estou a ver?
Estás a ver? estás a perceber?
estás a ouvir o que eu estou a dizer?
Estás a ouvir? Estás a perceber?
Eu tenho visto tanta coisa nesse meu caminho – nessa nossa trilha,
que eu não ando sozinho – tenho visto tanta coisa, tanta cena...
mais impactante do que qualquer filme de cinema
e se milhares de filmes não traduzem, nem reproduzem
a amplitude do que eu tenho visto
não vou mentir pra mim mesmo, acreditando
que uma música é capaz de expressar tudo isso
não vou mentir pra mim mesmo, acreditando
mas eu preciso acreditar na comunicação
não há melhor antídoto pra solidão
e é por isso que eu não fico satisfeito
em sentir o que eu sinto,
se o que eu sinto fica só no meu peito
por mais que eu seja egoísta
aprendi a dividir as emoções, e os seus efeitos
sei que o mundo é um novelo, uma só corrente
posso vê-lo por seus belos elos transparentes
mudam cores e valores, mas tá tudo junto
por mais que eu saiba, eu ainda pergunto:

Tás a ver? A …

Às vezes...

...nem sei no que penso,
não sei o que sinto...
Consigo sentir a falta
Consigo pensar em tudo, em todos!


Estou em Faro, é sabido. Aos fins-de-semana vou a Lisboa para uma visita esporádica de um dia e meio. É um pequeno período em que não tenho tempo, infelizmente, para estar com todas aquelas pessoas com quem gostava de estar. Quero ter oportunidade de aproveitar tudo, mas o dia só tem vinte e quatro horas, e o meu cansaço vai-se acumulando durante a semana...

Penso: como será se esta situação se mantiver; numa maneira de ver todos e fazer tudo; no amanhã; no depois de amanhã; no próximo ano lectivo; na gestão da casa; em Lisboa durante seis dias por semana (de domingo a sexta-feira); nas viagens para Lisboa; como seria bom não ter tanto para fazer todos os dias; nos meus AMIGOS e NOS que habitam na Rua Inácio Duarte...

Sinto: que, por vezes, estou sozinho; que foi por isto que lutei; que consegui o que queria; que há gente que me ADORA; uma enorme vontade de voltar a Lisboa todos os dias …