A história do símbolo do SLB

Texto da autoria de Luís Neves e que passo a transcrever para este espaço.

"Vou tentar explicar da melhor maneira possível tudo o que consegui saber sobre o símbolo do Sport Lisboa, aquele que foi o 1º símbolo deste "Monstro" do futebol mundial que se tornou o nosso amado Sport Lisboa e Benfica.

- Porque razão o fundo da faixa "E Pluribus Unum" era azul e branco inicialmente e só mais tarde passou a ser tal como é conhecido hoje, verde e vermelho?

* O fundo da faixa "E Pluribus Unum" era inicialmente azul e branco porque em 1904, quando foi fundado o Sport Lisboa, Portugal vivia numa Monarquia e as cores do nosso país eram o azul e branco (1143 / 1910). Com a implantação da República em Portugal, como é sabido, as cores mudaram, passando a ser o verde e vermelho e alterando o Sport Lisboa nessa altura então as cores da faixa, talvez para a adaptar à nova realidade do país. Como opinião muito pessoal, penso que a alteração não deve ter sido pacífica devido a um facto que explicarei mais à frente.

- Porque razão a faixa diagonal que atravessa o nosso escudo (vermelho e branco que são desde sempre as cores do clube) era de uma cor esbatida, qualquer coisa entre um amarelo torrado e um alaranjado muito claro, tipo "cor de terra"?

* Exactamente por isso… Terra. Para que estivesse presente a cor do piso onde se disputavam os jogos na altura. Como dá para ver nada foi feito ao acaso.

- Mas então porque razão mais tarde essa faixa deixou de ser dessa tal "cor de terra" e passou a ser azul? E porque razão passaram as letras do SL (agora com o B) que eram pretas (normal) a serem amarelas?

* Passo a explicar agora porque razão eu acho que a alteração das cores do "E Pluribus Unum" não deve ter sido pacífica. Com essa mudança de cores para as da República, talvez tivessem havido algumas "divisões de opinião" entre simpatizantes da causa Monárquica e Republicana entre aqueles que lutavam pelo clube na altura, e então talvez não querendo perder a identidade, ou melhor, o tempo da própria Fundação resolveram assim deixar a "marca" do tempo da Monarquia ficando assim a faixa com as letras SLB a azul. Mas ainda assim o Benfica não quis também esquecer o piso onde jogavam e a homenagem manteve-se no símbolo deixando de ser a cor da própria faixa, mas passando a ser a cor das letras dessa mesma faixa. Mais uma vez nada foi feito ao acaso.

Agora um assunto um pouco mais delicado, segundo me explicaram.

- Se temos no topo do nosso símbolo actual uma águia de asas abertas, coisa que acontece quando estão a voar, porque razão ela está poisada em cima da roda?

- Pois, este é o problema. No símbolo do Sport Lisboa, no início da nossa Fundação, ela não estava poisada em cima de nada, mas sim a "flutuar" por cima do escudo e a agarrar com as suas garras a faixa "E Pluribus Unum", como se estivesse a elevar o Espírito do Clube até um patamar mais elevado. Mesmo depois da junção com o Grupo Sport Benfica a Águia continuou a pairar por cima do escudo, sendo acrescentada a roda por trás mas sem ter qualquer interferência com o símbolo inicial. Nos estatutos do nosso clube desde a altura do nosso saudoso Presidente Borges Coutinho está explicado o porquê de o símbolo estar como está(va). Já perto do final do século XX, quando o símbolo foi modernizado pela última vez alguém falhou… e mais alguém deixou passar essa falha, que infelizmente continua até hoje, onde a nossa Águia deixou de pairar sobre o escudo e fizeram-na poisar em cima da roda, o que para além de ir contra o que sempre foi o símbolo desde o Sport Lisboa não tem qualquer lógica, pois quando uma águia está poisada não está de asas abertas, mas sim fechadas.

Espero não ter dado "seca" a ninguém mas fiquei fascinado ao saber de tudo isto e ao mesmo tempo algo magoado em relação a este último pormenor que se sabe à muito dentro do Benfica, já explicado por quem se dedica verdadeiramente à História do nosso clube a quem manda e… continua sem fazer nada.

VIVA E VIVAM O SPORT LISBOA E BENFICA!"

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Amigos de ocasião?! Não, obrigado!

Pés

Bolinhas de Berlim