André Sardet

Não sei se têm algo a dizer sobre o André Sardet, eu tenho!

Não tinha nada contra este artista, era daqueles que "Desde que não me obriguem, tudo bem!". Ouvia mas sem ser aquela coisa... Se estivesse a dar ouvia se não estivesse a dar não fazia falta...

Um dia fui a um concerto dele. Vim do Algarve para Lisboa e fui direitinho para lá, cheguei um pouco atrasado e mal entro na sala onde ele actuava ouvi logo uma coisa de que não gostei: uma critica ao futebol e aos estádios. Tentei conter-me mas aquele humor dele foi o mote para passar a "fazer comichão". Eu, quando oiço rádio já não oiço André Sardet, passou a pertencer à lista de bandas como os Coldplay: quando começa a tocar eu mudo!

Numa altura em que o Tony Carreira é tão falado pelo plágio de algumas músicas (ou será que são traduções?!), o André Sardet anda a fazer furor com o seu novo álbum: "Mundo de cartão".
Eu até considero muito bonito que ele edite um CD e o dedique à filha, acho bem!
Agora, se ele o quer fazer que ao menos o faça através de um processo criativo, que não se deixe tentar por histórias para crianças... Melhor, se as quiser as contar que compre os livros e conte as histórias à filha.
Isto de utilizar "passagens" de histórias para crianças nas músicas tem muito que se lhe diga...

Tudo isto para dizer que a música nova do Sr. André não é mais do que uma citação do livro "Adivinha Quanto Eu Gosto de Ti" de Sam McBratney.

No conto infantil:

- Gosto de ti até à LUA - disse ela (Pequena Lebre Castanha), e fechou os olhos.
- Ora, se isso é longe - disse a Grande Lebre Castanha. - É mesmo longe.
A Grande Lebre Castanha deitou a Pequena Lebre Castanha na caminha de folhas. Inclinou-se e deu-lhe um beijo de boas-noites. Depois deitou-se muito pertinho e murmurou sorrindo:
- E eu gosto de ti até à Lua...
E DE VOLTA ATÉ CÁ ABAIXO.


Na (suposta) canção:

- Gosto de ti desde aqui até à lua.
Gosto de ti desde a lua até aqui...

Não vou falar da sonoridade da música porque... porque nem sei o que dizer. Ah, talvez que tem uma métrica muito forçada... Fica bem?!

André, sei que não vais ler isto mas, eu não sei o que te aconteceu... Foi feitiço...?!
Peço desculpa por ter usado um trecho de uma música tua sem autorização.

Comentários

Anónimo disse…
The Gift - My lovery mirror
The Gift - Ouvir
Creed- Lullaby
Creed - Don´t stpo dancing
kean - She has no time
Kean - Bedshapet
Maria João - Flor
Lhasa - De cara a la pared

Algumas sugestões para desinfectares os ouvidos.. ou nop..Simplesmente algumas sugestões :P
Cris disse…
Estamos em consenso quando adimitimos q as piadas do sardet deixam mt a desejar, mas valeu pela companhia. Quanto ao "adivinha quanto gosto de ti"...bem me parecia que aquele refrão não me era estranho!lol

Mensagens populares deste blogue

Amigos de ocasião?! Não, obrigado!

Pés

Bolinhas de Berlim