terça-feira, julho 29, 2008

Vou mudar

A partir de hoje estou de férias.

Se são leitores atentos do meu blogue sabem certamente que estive a trabalhar, desde Setembro, em Faro.

Foi um ano de grande enriquecimento em que conheci pessoas magníficas e tive a oportunidade de ter uma turma ao meu cuidado.

O enriquecimento a nível pessoal é inegável, afinal tive que, durante um ano, gerir uma casa. Pagar rendas, água, luz, gás, TV cabo, Internet e condomínio.
Soube também o quão difícil é viver sozinho. Chegava a casa e não tinha ninguém com quem partilhar o meu dia-a-dia, tinha que cozinhar e limpar a casa... Não foi fácil. Mas ao menos sei... Ao contrário de muitas meninas da mamã dos dias que correm.

Apesar de tudo isto colho um fruto saboroso desta árvore, afinal sinto que o miúdo que sou se sente mais homem.


A nível pessoal... Conheci pessoas fantásticas que ficarão para sempre comigo. Pessoas sempre dispostas a ajudar e a saberem ouvir um "puto" que trabalhava no ensino pela primeira vez, pessoas de sorriso fácil e sempre preocupadas comigo...

Aos vinte e oito alunos que tive já lhes disse tudo... Foram os primeiros e foram únicos. Deles guardo a saudade, a saudade de amigos. Com eles cresci e aprendi! A promessa de um dia voltar, ficou. E tenciono cumpri-la.


As palavras nunca vão ser as certas para poder descrever este misto de sentimentos...


Mas como tudo o que é bom tem um fim, eu vou mudar.
No próximo ano lectivo estarei a trabalhar no distrito de Lisboa, numa escola nova, com novos colegas, com novos alunos. Estarei de regresso à casa dos papás e vou ter por perto aqueles que me fizeram falta durante os últimos 11 meses... Família e amigos!

Do Futuro, só espero que continue a chegar com bons ventos.

3 comentários:

Pedro Faleiro disse...

Mano,
tudo o que se aprende convém ser aplicado para não cair no esquecimento. Logo, a cooperação com a mãe tem que melhorar pq a ajuda do pai é o lixo, as compras e essas coisas todas (Eh Eh).

digo-te o que sabes, todos sentimos a tua ausência, porque gostamos de ti!

Pedro

Carla Delgado disse...

lol, como muitas meninas da mamã....e meninOs da mamã, não??? hehe
Espero que continues a limpar a casa onde vais morar!
Bem vindo! Fazes falta!

Ana disse...

É bom realmente passar por certas adversidades na vida... mesmo que nos custe, elas são importantes! Aprendemos e crescemos com isso... chama-se a isso VIDA!
As meninas da mamã vivem num conto de fadas, onde tudo acontece com um simples estalar de dedos e nada as atinge! Delas só tenho pena... um dia terão de acordar!
Friend, ainda bem que voltaste pra perto de nós! Love...