terça-feira, outubro 02, 2007

Mudança

Mais de um mês volvido volto a escrever neste espaço dedicado aos meus pensamentos, sensações e birras... Os pedidos de actualização foram alguns, tendo mesmo havido quem me dissesse: "A tua vida não mudou nada desde o último post..." (JM)

A partir do dia 1 de Setembro de 2007 tornei-me, pela primeira vez, membro activo e produtor de riqueza para o país. Empregaram-me!
Em Faro tudo é muito diferente... o cheiro, as pessoas, o ambiente, as crianças...
...O meu mundo está a tornar-se nUm Mundo Diferente, mas continua a ser o meu!

Aos poucos estou a acostumar-me à cidade, aos cheiros, às pessoas, à casa (por pouco tempo...)

Tenho que virar a minha vida de pernas pró ar, e procurar uma casa para eu morar...

O início foi complicado. As saudades de quem deixei em Lisboa começaram a ganhar contornos realmente preocupantes assim que passei a Ponte 25 de Abril. Uma viagem rumo à Liberdade. Não que estivesse preso, nada disso! Somente era a Liberdade ansiada há tanto tempo: a independência!

Felizmente, cá em baixo, tive quem me tivesse ajudado a superar a dificuldade dos quase trezentos quilómetros de distância... uma alfacinha de Olhão!

Estou a fazer o que escolhi para mim, estou a adorar e não é uma conversa geral de 28 alunos a falar ao mesmo tempo que me vai fazer perder a paciência. Não é a hiperactividade. Não é a dislexia ou disortografia. Não são as birras. Os diablos a saltarem também não. Os almoços podem ser barulhentos e logo a seguir pode vir um sermão mas...


...MAS, mas, mas... para ser sincero:
É ISTO!

Um dia, daqui a muito tempo, eles vão crescer e vão lembrar-se que, quando usavam um bibe axadrezado verde e branco, tinham um professor de Lisboa que abraçou a Aventura de viajar até Faro para abrir e enriquecer as gavetas do Pássaro da Alma de cada um deles.

Estou só a tentar ser mais feliz... Embora, as saudades apertem a cada sístole e diástole, não esqueço que foi na Apelação e Camarate que cresci, que a minha residência oficial é em Carnaxide, que estudei na Apelação, Catujal, Sacavém e Linda-a-Velha, e que me tornei na pessoa que sou graças aos meus AMIGOS e FAMÍLIA, e a uma Escola ímpar: a ESEJD!

Nestas semanas tenho tido companhias especiais. Benditos sejam os "Seminários de Contacto com a Realidade Educativa" pelos momentos passados na companhia do Miguel, Gael, da Joana Lopes, Vânia, Cátia, Lúcia, Sofia, Jiza, Assunção (com dois Ss), Maria, Sofia, Margarida, Joana Moreira, Sara, do Pedro e da Marta.



Será que existe a possibilidade dos "estágios" passarem a ser permanentes?!


Entretanto começo a trepar um muro de papeis que me faz sentir quase afogado e ao mesmo tempo contente, é sinónimo de trabalho:

W = F x d
em que F é a intensidade da força exercida (em N), e d o valor do deslocamento efectuado (em m).


Sempre ouvi dizer que um esforço tem sempre a sua recompensa.
Recebo agora as minhas e estou grato aos que os fazem por mim, eles!



Queria ter escrito uma coisa diferente, ter escrito algo mais rebuscado, e agora estou a pensar que se calhar o texto não está assim tão ESPECIAL como eu queria.

Saudades... de tudo, de todos! *

Marco Faleiro

9 comentários:

V. Teles Fernandes disse...

saudades tuas.. muitas, muitas!! tenho em ti não um modelo, mas uma fonte de inspiração.
mts beijinhos

joana disse...

Façam mais estágios e podes dar-me abrigo... ;)
ORGULHO!!

voz virtual disse...

Estamos contigo Faleiro.. há mudanças necessárias e a vida não para.. são novas experiências que te vão fazer crescer ainda mais e melhorar essa pessoa espectacular que já és. trata bem do futuro deste pais.. a tua função não é só ensinar, também é educar! Essas crianças passam mais tempo ctg que com os pais.. daqui a uns anos vais gostar de os rever.. e ai é que te vai bater a saudade do que estás a viver agora! Grande abraço

Carla Delgado disse...

eu sou família??????????

Faleiro disse...

Aparentemente... =)

Mary Mary disse...

Adorei o que escreveste a acho que és um grande professor. Orgulho em conhecer-te, paródia sempre! E conta com as nossas visitas por aí! :P Nem que seja para te dar boleia! Eheheh!

Beijinhos e fica bem

TTBlue disse...

Orgulho-me de ti! Do profissional que te tornaste, de seres um lutador, de estares a virar a tua vida de pernas para o ar apesar de todas as dificuldades que vão aparecendo... Orgulho-me da pessoa que és e que sempre foste!

Beijos e um Abraço daqueles que matam saudade!

Anónimo disse...

Especial? Especial és TU!

Faleiro disse...

Todos nós somos especiais! Gosto de assinatura nos comentários... =)