Início... Recomeço: Lembrança!

Aqui há tempos escrevi que quando o ano lectivo transacto (2006/2007) terminasse tudo seria diferente dentro da ESEJD. Escrevi-o e disse que “o nosso espírito é único...”
Hoje começa um novo ano e, desta vez, não estou lá.
Há quatro anos entrei naqueles portões sem saber o que me esperava. Hoje relembro o dia, o sentimento de expectativa que me conduziu até lá, o respeito para com os mais velhos, o ser rapaz ALI...
Desde há dois anos para cá pude sentir que havia gente com sentimentos semelhantes aos da minha primeira vez.

O “nosso” espirito é único porque, modéstia aparte, fomos os melhores a receber. O segredo está em receber os novos como se fossem dos nossos há muito tempo.

Aos que continuam: preservem o espírito e saibam receber.
Aos que entram (dificilmente virão aqui ler o post): desfrutem dessa preciosidade.


A todos aqueles que tive o privilégio de conhecer na ESE: Tenho-vos comigo!

"As coisas vulgares que há na vida não deixam saudade,
só as lembranças que doem ou fazem sorrir"

Mariza


Marco Faleiro

Comentários

Anónimo disse…
Escrevo-te de um dos computadores da escola. A tua voz ainda se ouve aqui, o teu cheiro, o teu sorriso ainda se vê nos corredores.
Fazes falta, mas a marca que deixaste aqui é grande o suficiente para os próximos saberem andar sozinhos.

"Há gente que fica na história
da história da gente
e outras de quem nem o nome
lembramos ouvir"

jo
Madalena disse…
Marco VOLTA, estás perdoado por tudo....Sempre disse, a brincar ou não, que não ias fazer falta nenhuma á nossa humilde "universidade", hoje, depois de ter estado na recepção aos novos alunos, só posso reconheçer uma coisa: TU E O MIGUEL FAZEM ALI MUITO FALTA....O grito académico por uma mulher é PESSIMO!
Volta marquinho!
Um grande beijinho com saudades,
MADALENA PERNAS
Mary Mary disse…
Devias ter visto o prof de matemática a declamar um poema! Foi de ir às lágrimas de tanto rir! Vim cá para fora antes de darem o grito e sinceramente nem ouvi metade do que a rapariga gritou! Fazes falta sim senhora nem que seja pelo facto de jogares às escondidas com palhinhas e eu ficar a pensar "O que é que eu estou aqui a fazer nesta escola de crianças?", deixaste-me preocupada naquele dia! LOL!

Foi pena o pouco tempo que falámos mas foi muito bom! E na jantarada lá estarei! Pela primeira vez adiro a estas coisas de ajuntamentos de pessoas da mesma faculdade! LOL! :)

Um beijinho para o puto professor... :P
Sofia Beato disse…
faz me bem seguir o teu blog.

beijinho grd :D
xuaninha disse…
tenho saudades tuas!!! tambem te tenho comigo ;) por todos os gestos d amixade, por todas as risadas, por tudo mesmo......ES ESPECIAL !!! ***
Lilia disse…
Não sou nenhuma pessoa que vem aqui dizer que sente saudades e também não sou ninguém que passou um ou mais anos contigo na ESE! Sou caloira mas venho com orgulho e prazer dizer que gostei imenso de te conhecer =) e que deixas para muitas pessoas uma imensa saudade!!
Texto bonito Marco.
Um grande beijinho*
Mary Mary disse…
Já escrevias qualquer coisinha não?
Ferreira disse…
outros diferentes virão... melhores, piores, sempre unicos!
o espirito a que te referes o nosso e esse caro camarada (lol) sim, é unico por ser o nosso! faz diferença... nao escrevas sobre isso porque quem não o vive nao o percebe!
abraço
Sofia Beato disse…
Actualiza.. não gosto de vir aqui e não haver coisas novas! é bom um título novo! *
bjokas
Anónimo disse…
Olá a todos.

Sou irmão do Marco, e como já houve pedidos para novos "post´s", senti-me na obrigação de justificar a ausência do meu mano...
Ele anda bem com a vidinha de "novo prof", mas a facto de ter mudado de casa, implicou o cancelamento da NET pq no novo local onde habita, não tem ainda rede Netcabo, para que se possa fazer a instalação, como tal...

Escrevo isto sem que o meu mano saiba e tão pouco o consinta, mas achei que devia fazê-lo.

Bjs e Abraços
Pedro Faleiro

Mensagens populares deste blogue

Amigos de ocasião?! Não, obrigado!

Pés

Bolinhas de Berlim