Existem?!

Uma discussão que é eterna e que dá que falar: o sexo dos anjos.
Será que existem?! Alguém os consegue ver?!
Inúmeras respostas podem surgir para responder a estas questões. Acredito que é tudo uma questão de crença e cumplicidade.
Eu acredito! Consigo vê-los, existem.
Tenho dois que são especiais e a crença e cumplicidade assenta num pilar fundamental: a sinceridade. Um clima de reciprocidade cúmplice e sincero.
Hoje sinto-me especial, os meus dois anjos ajudaram-me.
Mas como podem ajudar-nos eles?
Magia. Sentia a presença de uma força mágica capaz de me fazer lutar sem me poupar a esforços, começava a sonhar. Mas, e porque há sempre um "mas", esse sonho começou a ganhar contornos falaciosos, e a magia que eu pensava existir começou a tornar-se, quiçá, num feitiço.
Havendo magia e havendo sonho os dois anjos disseram-me: Não!
Pensei: Pois, talvez essa magia não seja benéfica.
Insistiram: Não sonhes. Não! Não podes!
Percebi o porquê das suas existências na minha vida. Afinal protegem-me como se fosse um tesouro, sou especial.

Estes dois anjos não têm asas mas voam e fazem voar, falam e fazem falar, escutam e são escutados, escudam-me e são escudados... Os dois anjos são DUAS.
A eterna questão?! São meninas e eu também sou o anjo delas, protejo-as como se fossem minhas, SÃO!

É recíproco, solidário, sincero, é querer e poder.
Os anjos amam e são amados, eu amo os meus!

Obrigado,
Marco Faleiro

Comentários

Anónimo disse…
Grande Lebre sabes que o sentimento é reciproco .... Amo-te muito. ass: anjo :)
TTBlue disse…
Este texto reflecte-se de mim para ti, és um dos meus anjos! É por isso que te amo!! És realmente um tesouro para mim...
*kryshna disse…
gostei... (= *

Mensagens populares deste blogue

Amigos de ocasião?! Não, obrigado!

Pés

Bolinhas de Berlim