Origens

Pus a máquina fotográfica à tiracolo e comecei uma caminhada na encosta portuguesa da Ribeira de Chança.

Caminhei por entre estevas, rosmaninho e azinheiras à procura de ouro nos poços que durante anos foram explorados... E lá de cima conseguia vislumbrar os juncos nas margens da Ribeira.


Aquele cheiro é único, é o da Ribeira!


Os pescadores tentavam tirar alguma coisa da água e um pastor, acompanhado pelo seu cão, pastava as suas cabras...

...enquanto isso bebi daquela água com sabor a ferro!



Comentários

*Kryshna disse…
=D LINDO...

Mensagens populares deste blogue

Amigos de ocasião?! Não, obrigado!

Pés

Bolinhas de Berlim